Malta está de volta ao Tratado de Schengen!

Os passageiros podem novamente viajar sem a exigência de visto por 90 dias para vários países europeus, depois que o governo de Malta interrompeu a suspensão temporária do regime de livre circulação do Tratado de Schengen.

Enquanto a comunidade internacional manteve o seu alerta máximo contra ameaças terroristas na véspera de Ano Novo, Malta nunca teve qualquer ameaça e, portanto, o governo pôde anunciar que as regras do Tratado de Schengen estão agora de volta com força, disse o Ministério dos Assuntos Internos.

O governo havia inicialmente suspendido o acordo de livre circulação por conta dos eventos em Valletta, a respeito de imigração e, mais tarde, em Novembro,  da reunião dos Chefes de Governo da Commonwealth, até que tomou a decisão de prorrogar a suspensão até o fim do ano, como uma medida de segurança adicional.

Isto significa que não haverá controles de passaporte para os outros paises do Tratado de Schengen tanto no Aeroporto Internacional de Malta quanto no terminal de passageiros de cruzeiro em Valletta.

Dos 26 países vinculados pelo acordo do Tratado de Schengen, 22 fazem parte da União Europeia e os outros 4 são parte da EFTA (European Free Trade Association – Associação Europeia de Comércio Livre).

 

Fonte: Times of Malta

http://www.timesofmalta.com/articles/view/20160102/local/schengen-rules-back-to-normal-no-threat-to-malta.597475